Marcadores

sábado, 31 de janeiro de 2009

REFLEXÕES...


Não há injustiça que triunfe diante da correção, da integridade de caráter;
Não há dor que não termine um dia;
Não há escuridão que não torne em dia claro;
Não há tristeza que não sucumba a um verdadeiro sorriso;
Não há angústia que perdure ante a Fé;
Não há solidão eterna;
Não há saudade que não sare com um gostoso abraço;
Não há sonho que se perca ou envelheça;
Não há desesperança que não tombe frente ao otimismo da promessa;
Não há mentira que resista face a face com a verdade;
Não há amargor que não adoce frente quando retribuído em carinho;
Não há fraqueza que não se transforme em força diante do sofrimento;
Não há ódio que não finde quando descoberto o poder do amor;
Não há mágoa que não se desfaça com um sincero pedido de perdão;
Não há coração tão duro que não possa: DESCULPAR, RELEVAR, PERDOAR, COMPREENDER;

Ninguém é todo injusto, todo falso, todo mal, todo indigno;
Nenhuma dor ou amargura é para sempre...
Ninguém é tão sofrido que não possa se reerguer;
Ninguém é tão abominável que não seja merecedor do olhar e do perdão do Pai;

Todos somos capazes de melhorar, transformar nossas misérias em ganhos pessoais
Nossas fragilidades em forças;
Nossos fracassos em conhecimento;
Nossas frustrações em experiência;
Nossas perdas em ganhos;
Nossas dúvidas em certezas;
Nosso ceticismo em crença;
Nosso vazio em DEUS!
Nossa pobreza em melhora Espiritual;
Nossa entrega em vida;
Nossas lágrimas em risos;
Nossas fraquezas em ânimo;

Nossos sins em sins...
Nossos nãos em sins...


Para nossa reflexão...

Um comentário:

Jorge Sader Filho disse...

Digno de quem tem a alma sensível, o pensamento aberto, o amor no coração. E transmite por palavras com muita elegância.
Meu carinho,
Jorge

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....