Marcadores

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Quanto custa um abraço?

Em 19 de novembro de 2008 escrevi essa prosa, sobre abraço, e hoje republico e partilho com vocês!
 



Quanto custa um abraço?
 

Monetariamente, sem preço.
Em afeto, valor inestimável.
Muito para quem recebe.
Satisfaz, revitaliza quem .

Um abraço salva, pode libertar um desesperado de cometer suicídio.
Pode também fazer refletir alguém prestes a cometer um assassinato.

Um abraço para o doente físico é solidariedade,
Para o doente emocional pode curar.

Para o triste, trás alegria.
Para o solitário é como dizer: Você não está só.
Na compaixão é como transferir parte da dor do outro para si.

Um abraço apertado entre saudosos é como tentar capturar toda a saudade, colocar no balde e atira-la ao mar.
Abraçar nos encontros é tudo.

Na chegada é quase sempre como dizer: “Como estou feliz em vê-los ou revê-los”.
Na partida pode ser: Guarda em ti minha energia, levo comigo teu cheiro, tua pele,
Levo um tanto de ti.


Quando espontâneo e sem reservas, aproxima, faz mais igual.
Quanto mais apertado, unido de corpo inteiro, mais quer dizer: “como tu importas para mim”.
Abraço demorado, calado, sentido é significado de muito: Pode ser “Como te amo”, ou mesmo “estou aqui, conta comigo”.


Abraço é sempre abraço: Onde eu falo: “Abro meus braços e te acolho em mim, e tu me dizes, Eu também te acolho, então somos um. Acolhemo-nos um no coração do outro”.
Abraçar é como recorrer a um ninho, buscar calor, sentir segurança. Estar momentaneamente agasalhado. Quer do frio, quer do perigo!

Abraços de amigos, de pais e filhos, de amantes, de amores: Cada um com o seu significar. Cada um com seu texto, sua fala, linguagem corporal necessária para todos nós, que as vezes falamos muito e tão bem, mas sequer sabemos abraçar.

Abraço - linguagem de corpos.
Abraçar - necessidade declarada ou mesmo sem se saber.
Abraçar - Preencher lacunas, afastar solidão, mais que um simples cumprimentar.

Quem abraça, consegue desprender-se de preconceitos, frescuras, alimenta-se e alimenta a alma do outro de energia. Abraço é curativo!
Terápico!
Experimente.

Dicas: Ao abraçar, não se sinta como invadindo, não crie malícias, isto deixa o abraço menos eficaz.
Ao abrir seus braços, olhe nos olhos do objeto de seu abraço, então se aproxime e acolha a pessoa no seu peito, no seu afeto. Feche bem os braços por trás, sinta a energia da pessoa. A força deve ser controlada, conforme o físico de quem você vai abraçar.

Importante é que a troca, ainda que pequena, aconteça.
Comece a abraçar!
Sua energia boa vai até a pessoa que a absorve e retorna para você!
Um abraço vale mais que muitas palavras.
Sinta-se por mim abraçado!

 

 
 

Nenhum comentário:

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....