Marcadores

domingo, 8 de novembro de 2009

Uma afeição – A POESIA




Uma afeição – A POESIA


A leitura é um gosto antigo, vem de uma encantada Biblioteca lá nos anos 60/70 em Salvaterra (Marajó - Pará) ,na escola que estudava, era um lugar pequeno, uma sala simples com prateleiras de madeira, mas cheinha daquilo que eu gostava: OS LIVROS...
Perdia-me por lá sempre e tinha a chance levar emprestado muitos para casa e fazia isso rotineiramente. Tinha uma infância muito bacana, muita praia, muita brincadeira de roda após o jantar a luz da lua e das estrelas, aventurava-me na “bike” pelas ruas de Salvaterra, Farol, enfim. Mas reservava várias horas do meu dia para a viagem pelos livros. Muito prazeroso. Lembro-me de ter lido uma coleção inteira de Monteiro Lobato, “O sítio do Pica-pau Amarelo”, sem gravuras, uma velha, antiga edição, mas as imagens não faziam de fato falta, se eu tinha a minha fértil imaginação... Li e reli muito aqueles livros, grande e inesquecível memória essa.
Hoje leio bastante, mas logo moçinha gostei também de escrever, desafogava as dúvidas e inseguranças, questionamentos da adolescência nas cartas para mim, e na maioria escritas para Deus, para Jesus, coisas da menina-moça religiosa que fui. Hoje, afcionei-me por Poesia, Florbela Espanca é minha preferida. Estudo pesquiso treino, exercito inúmeros estilos, contabilizo a métrica, o silabar poético, descubro os meandros de cada estilo, as peculiaridades, e vou me aventurando. Busco dizer na poesia o que sinto, e encontro também o sentido das coisas. Desabafo ao leitor, faço viagens inusitadas, encontro-me na poesia. Ousada que sou, aventuro-me nos contos, na prosa e nas crônicas, o gosto pela leitura despertou um outro: o da escrita. Por hora, nenhum livro palpável, quem sabe depois, mais uma publicação virtual muito rica, diversificada.
É uma cachaça, saudável...
Posso me descrever uma afeiçoada por poesias.
Uma viciada em versos, rimas e suas decorrências. Declarada Entusiasta.
Aproveito para colocar aqui, alguns dos sites onde publico minhas criações, intervenções no mundo infinito e encantador da escrita/leitura.
Visitem: Não me renderá créditos ($). Apenas a alegria da partilha, do conviver literário.

Recanto das Letras:
http://recantodasletras.uol.com.br/autores/anezinha

Domínio Cultural
http://www.dominiocultural.com/

Poemas a flor da pele
http://poemasaflordapele.ning.com/profile/RoseaneSuelyPintoMarquesFerreira

Arte Restrita
http://arterestrita.ning.com/profile/Roseane

Luso Poemas
http://www.luso-poemas.net/modules/news/index.php?uid=3952

O essencial é invisível aos olhos – meu BLOG
http://anezinha-oessencialinvisvelaosolhos.blogspot.com/

Poética Digital
http://poeticadigital.ning.com/profile/RoseaneSuelyPintoMarquesFerreira

Letras Dispersas
http://www.letrasdispersas.com/meustextos.aspx


Encanto das Letras – Criação em Exercício (aqui exercitamos temas proposto pelo grupo)
http://encantodasletras.50webs.com/hino.htm


Fórum do Recanto das letras - Laboratório de criações coletivas – Poetrix (aqui diversas interações dos Poetas sobre Poetrix e suas variações)
http://recantodasletras.uol.com.br/forum/index.php?board=44.0


Fórum do Recanto – Laboratório de criações coletivas “Poesia ON - line”
http://recantodasletras.uol.com.br/forum/index.php?board=40.0


...e por ai vai muita criação coletiva, exercício mesmo...

Escolha um e faça a sua viagem no meu universo poético...

Um comentário:

Jorge Sader Filho disse...

Rose apenas descreveu sua formação. Quem quiser conhecer leveza e docilidade, leia seus versos ou sua prosa. Dá gosto!

Beijos, poeta.

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....