Marcadores

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Meu...teu tempo...





Meu, teu tempo...

É teu meu tempo de espera
Que urge, ansiando...
Tempo que finda o percorrer
Esgota os sonhos que permeiam
Exaurindo o intrépido discorrer...


É teu meu tempo que seca
Deságua indelimitando...


É teu meu tempo que ousa seguir
Vagueando extenuando, árido de querer...
Despindo-se ante o causticante consumir.

É meu tempo que cede,
Rendendo-me condescendente
Sucumbindo ao cansar.

É meu tempo vagante
Que priva, gastando as horas.
Pairando meio ao indelineável.

É meu tempo o teu
Gasto, surrado, embotado.
É teu tempo o meu
Roto que se esfrangalha,
Tempo rompido em farrapos,
Tempo imemoriável
Atávico, claudicante
Tempo que socorre o desmedido expectar...


PS: Ainda no Amapá, em Macapá, em uma Comunidade Quilombola, Um remanescente de Quilombo chamado Curiau, lugar lindo, Região de Lagos...( foto by Lima Jr, amigo querido)

Um comentário:

Jorge Sader Filho disse...

Outra característica da Rose. Tempo de andar, tempo de colher, tempo de amar. É o tempo.
Beijos, Anezinha.

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....