Marcadores

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Muiraquitã ( Poesia)




Muiraquitã


Simboliza a fertilidade
Muiriquitã: proteção e sorte
Quem porta o sente de verdade
Vindo das mãos de índias fortes


Icamiabas não tinham maridos
Na festa da Lua se davam as guerreiras
Aos Guacaris índios fortes escolhidos
Festa de Iaci durava dias inteiros.


Após acasalar ao Iaci-Uaruá iam
Nas águas serenas banhavam-se ao Luar
Em ritual do fundo do lago traziam
Punhado de barro para seus pares presentear.

Contam que ao contato do vento e luz secavam
E em imagem o barro se tornava
Enfiados em cabelos elas os entregavam
Para os Índios prêmio e proteção significava

Deu-se o nome de Muiraquitã
Que tradução exata não há
Alguns chamam “nó de pau” o talismã
Ou pedras verdes vindas do Uaruá.

Mistério amor, raça e energia.
Guarda a lenda de Iaci-Uaruá
Festa anual da lua, fertilidade no ar.
Amor ao luar, lenda e poesia!





IACI - Lua
UARUÁ – lago
IACI-UARUÁ – Espelho da lua
Festa de Iaci – festa anual da lua onde as Índias Icamiabas recebiam os Índios Gacaris de tribo próxima pra acasalamento.
MUITAQUITÃ – Amuleto em forma de Rã. Sem exata tradução, recebe algumas nominações: Nó de pau, Nó de madeira, nó de gente;
O presentear significava a consumação do ato sexual entre os Índios, as Índias Icamiabas eram guerreiras e sem maridos.
Lenda originária do Baixo Amazonas.
Dizem que o portador de um Muiraquitã tem sempre as portas abertas, é protegido, e há “causos” de casais que não conseguiam ter filhos e que ao ganharem um Muiraquitã, conseguem em seguida realizar o desejo da gravidez.
Coincidência ou não é a meu ver uma das mais belas Lendas do Nosso Imaginário Cultural e Popular.
Fazer amor numa festa em homenagem à lua, banhar-se num lago sagrado... no meio da misteriosa Floresta Amazônica.

Poesia: Roseane Ferreira

Imagem: pesquisada na Internet

Um comentário:

Jorge Sader Filho disse...

Mais uma bela visão de Rose sobre coisas da sua terra, muito bem cantada nos seus versos.
Beijos.

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....