Marcadores

sábado, 25 de julho de 2009

SAIDEIRA (Conto Minimalista em Tautograma privilegiando a letra “S”)



SAIDEIRA (Conto Minimalista em Tautograma privilegiando a letra “S”)


Saiu...
Sem sequer saber
Sentia-se só,
Seria solitária?
Sem sentido,
Sem sorriso,
Sem sumo, sem sal...


Súbita sensação,
Seria sempre superar sensibilidades?
Severidade, sisudez,
Sofreava-se.
Socorrer-se,
Salvar-se,
Sobre_viver!
Sobrevivia,
Sobreviveria?


Sobejavam sentimentos
Somavam sofrimentos,
Superar sangrento,
Sobrepor, soerguer,
Sonhando seguia,
Soergueria?



Soube ser sábado
Sarcástico simular...
Soterraria sua solitude,
Suavizaria sua sentença.
Segregaria suas sombras,
Sondando seus secretos...
Suprimiria sua solidão...
Suando, Supuraria...
Sovaria suas sobras...


Sorveu sequiosa,
Submergiu,
Subverteu,
Secou...
Sufocou sua sede,

Sozinha,
Sem saída,
Sem segredar sua severa solidão.

Sulcando-se,
Sangrou,
Sonhos soterrados...

Sombras,
Só...
Sucumbiu...


Sua saideira...



*****
Este texto faz parte do Exercício Criativo - A Saideira
Saiba mais, conheça os outros textos:
http://encantodasletras.50webs.com/saideira.htm

Nenhum comentário:

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....