Marcadores

sábado, 29 de agosto de 2009

AMOROSA CONFISSÃO - Prosa Poética




AMOROSA CONFISSÃO - Prosa Poética

Juro que eu não sabia
Não sabia que amar doeria
Que tristeza era paga da alegria
Para cada noite escura há um sol que IRRADIA.


Eu juro,
Não sabia,
Que paixão nunca SACIA
É qual sede, mesmo quando chovia...



Confesso,
Não sabia
Amigos são dádiva e poesia
Poemas são fonte de ENERGIA
Rimar é com versos fazer folia
Querer-te é quase fantasia.


Eu juro, juro eu não sabia.
Que acordar juntinho vira MANIA
Ter-te perto trás harmonia
Que meu coração SILENCIA
Quando te ausenta do meu dia...


*****
Este texto faz parte do Exercício Criativo - Juro que Eu Não Sabia
Saiba mais, conheça os outros textos:
http://www.encantodasletras.50webs.com/naosabia.htm

Nenhum comentário:

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....