Marcadores

sábado, 1 de agosto de 2009

Presa por vontade - MINIMALISTA


Presa por vontade

Era uma moça, que aos cantos se queixava, aos ventos bradava, dum mal padecia. Nem curandeiro curava, e a dor assolava, o sorrir lhe ocultava,era um mal que sofria. A moça
a todos reclamava, quase sem chão estava, ansiava, ansiava desfazer-se do mal que a afligia. O tempo passava, ela chorava, a todos falava, será que a cura viria? Perguntava.
Ninguém entendia pois bela era ela,menina singela,faceira eu diria.Então ela quis revelar, o mal que a punha a lamentar, muitos o dito queriam.Assim ela disse _ “Padeço de imensurável liberdade, assola-me essa leveza, quero almejo estar presa nos laços de um alguém que me liberte dessa imensa , irrefutável sensação de liberdade.” Assim me valho desse anunciar, para exprimir o meu pensar, que o anelar de alguns é de tantos o infindo lamentar.

Nenhum comentário:

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....