Marcadores

sábado, 29 de agosto de 2009

Sobre o dia 29 de agosto e a Campanha Global de Ações para proteger o Clima-CGAC




Sobre o dia 29 de agosto e a Campanha Global de Ações para proteger o Clima-CGAC


Ambientalista não. Conhecedora das mazelas do meu país e consciente das necessidades de mudança, sim. Também não sou dada a palanques, nem professo ideologias partidárias, mas procuro práticas corretas, reparando-me nos excessos que advém dos vícios que herdamos culturalmente e pela via das palavras divulgo idéias, provocando o refletir.
Sábado próximo 29 de agosto ocorrerá o Dia Mundial de Ação pelo Clima. No Brasil acontecerá em 8 (Oito) capitais do país. Do Norte, apenas Manaus, o que não nos impede de somar ao movimento. Trata-se de uma campanha que será lançada mundialmente chamada CGAC(Campanha Global de Ações para proteger o Clima) ou TICTACTICTAC. No dia 29, faltarão exatamente 100( cem) dias para o início da COP-15- Décima Quinta Conferência do Clima, em Copenhague, Dinamarca. Entre outras ações grandes Painéis ( Totens) com relógios serão instalados, marcando a contagem regressiva para a data da Conferência. Nestes últimos cem dias que antecedem o Maior Encontro sobre mudanças climáticas, muitas manifestações, debates, discussões ocorrerão, cartas-abertas, abaixo-assinados serão feitos objetivando mobilizar, sensibilizar nossos representantes na COP-15 para a necessidade da real promoção de mudanças com reflexos positivos para o Planeta. A frente da coordenação do Evento de 29 de agosto Organizações como Ticitac e Greenpeace, no Brasil e pelo mundo.
Somar nessas causas é mais que preciso.
COP-15 ocorrerá no período de 7 a 18 de dezembro, a proposta é não só alinhavar, mas ao término ter o Tratado que atualizará ou substituirá o Protocolo de Kyoto que vigorará até 2012. O Tratado que advir de Copenhague reunirá opiniões, propostas de ações concretas de aproximadamente 170 ( cento e setenta) países que ao mundo apresentarão uma nova legislação ambiental adequada e politicamente coerente com os propósitos correntes para a redução da emissão de gases poluentes, elo com relação direta entre Efeito Estufa e Aquecimento Global.
Muito tem se falado, mas pouco se tem feito. As brigas disputas em especial no Brasil são redundantes, recorrentes e circulam no entorno dos interesses de agronegócios, ruralistas versus ambientalistas.
Em Copenhague situações como cobranças da responsabilidade aos países emissores históricos serão veementes e os países de economia emergentes com China, Índia e Brasil terão suas cotas de responsabilização por um decréscimo de produção crescente também definidas. Definir-se-ão de onde virão recursos, investimentos, eficiência e celeridade das providências que urgem implantação. Não há o que decidir, além de opinar por um desenvolvimento Econômico de Baixo Carbono. O mundo pede: Empresas, indústrias devem se adequar.
O Brasil tem Carlos Ming, um dominador nato do assunto, dono de grandes relacionamentos no mundo ambientalista, relações estreitas com potenciais aliados escandinavos, na luta e ações pela preservação da Floresta Amazônica. Na conferência estarão inúmeros representantes oficiais do país e a nata dos que lutam, transitam e conhecem das causas ambientais. A própria Senadora Marina Silva lá estará vez que já desincompatibilizada com o Partido Trabalhista estará livre para ações mais contundentes ante aos embates ambientais, dito pela própria.
O Brasil, país detentor da maior Floresta Tropical do mundo, Maior Reserva Florestal, maior Parque de Floresta Tropical, maior Bacia Hidrográfica do mundo, extremamente rico em biodiversidade ainda engatinha quando se trata de ter efetivas e eficientes legislações ambientais, bem assim a execução a contento das já existentes, precariedade na manutenção das políticas de sustentabilidade. É preciso avanço.
A grande reunião suscita efetivo posicionamento dos representantes do país sobre o futuro do Planeta. Nós queremos isto. Grandes impasses mundiais serão discutidos, intenso debate de interesses.Segundo Minc o Brasil apresentará reais condições que baixarão a curva de emissões de gases crescente.Apoiamos e aguardamos. Mais que isso agimos, somamos. Cada um há que fazer a sua parte. Empresas, Indústrias, políticos, ambientalistas, cidadãos conscientes, mas em especial contamos com aqueles investidos em poder e força de argumentação e decisão.
A Campanha de 29 de agosto terá grande repercussão e ressaltará três pontos:
- Uma Campanha Pró- preservação do Planeta.
- Uma contagem regressiva para o mundo Ambientalista, para o acontecimento mais importante dos últimos tempos para o Clima, o Planeta.
- Um refletir: Dar uma chance ao Planeta.
E eu completo dizendo:
- Dar uma chance a vida!



# http://www.tictactictac.org.br

# http://en.cop15.dk

Um comentário:

Jorge Sader Filho disse...

É um belo e eficiente trabalho, Rose. Defender sua sagrada terra é uma obrigação de quem a ama. Sucesso!

Beijos.

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....