Marcadores

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Tomar jeito - em Dois atos




Tomar jeito – EM DOIS ATOS.


Tomar jeito...
Esse tal “jeito” é feito de que mesmo?
Toma-se puro ou com gelo?
Pode ser a ceia?
Vende no supermercado?


Tomar jeito. Precisar. Necessitar. Quando. Como. Em qual situação.
A verdade é que:
Nasci capricórnio, terra, pés no chão...
Mas, o coração alado voa, o limite é o infinito. Alma corre atrás do pulsar.
Aparente normal. Apenas aparente. Um consciente irreal.Um acertado errante.
Costurei caminhos meus, fiz troça do tal destino. Não pulei muros, voei. As próprias convenções editei. Do céu ao inferno num escalar de abismos. Diversa em tudo, abusei do descumprir. Naufraguei. Ressurgi.
Queria ser bailarina, psicóloga talvez. Fui gestora, sou do mundo das cifras, mas as letras é meu gozo pleno. Instantâneo. Para viver me expus na vitrine da TV, nas rádios, outro lado do ser.
Tudo entrelaçado, comunicar, qualquer que seja o veículo. Hoje, escrever. Dar vida as letras. Transgredir nas palavras.
Um tanto fluída, sonhadora, ainda que com asas caiadas, um eterno, constante desejar...
Tropeçar a beça, mas e daí?
Sem graça seria só caminhar.
Para que só os pés se o coração pode voar?
Para que?
Tomar jeito então seria:

Um mar sem azular?
Ou um céu pleno de cinzas?
Colher flores desidratadas?
Viver isenta da paixão?

O que seria então?
Acho que não quero tomar esse jeito...
Jeito de que a vida já foi. Jeito de tons pastéis. Jeito de gente séria demais. Jeito de esconder sorriso. Omitir elogios....jeito de sem jeito....
Demasiado entediante.
Peça-me tudo.
Quem sabe eu possa conceder,

Só não quero parar de sonhar...



Preciso tomar jeito – SEGUNDO ATO

Preciso.
Dormir mais.
Organizar o tempo melhor.
Pagar contas. Ser mais pontual.
Comer mais coisas saudáveis.
Exercitar-me mais.
Criar mais. Vive mais.

Preciso.
Amar menos.
Por rédeas aos sonhos.
Limitar desejos
Ser mais normal.
Menos distraída. Mais centrada.
Menos brincalhona. Mais séria.
Menos menina, mais mulher.
Preciso levar mais sério a vida.

Preciso tomar jeito.
Mudar
Melhorar
Crer menos. Desconfiar mais
Entender melhor o jogo.
Aprender a mover as pedras a meu favor.
Seguir regras, não reclamar.
Compreender, maturar.
Discernir, exercitar.
Ser mais forte.
Não hesitar.
Chorar menos.
Emoções racionar.

Preciso tomar jeito.
Aqui é vida real
Preciso sair da tela.
Saltar das páginas dos livros
Despir as vestes do personagem.


Viver, ainda que esse modo seja o caminho que culmina ao breve partir...
O destituir-se dos sonhos...
Desapaixonar da própria vida...




*****
Este texto faz parte do Exercício Criativo - Preciso Tomar Jeito.
Saiba mais, conheça os outros textos: http://encantodasletras.50webs.com/tomar_jeito.htm

Um comentário:

Pétalas D'Alma disse...

Um texto muito interessante, quase uma auto análise.Parabéns! Bjus Flor

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....