Marcadores

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Artesã das Palavras....



Artesã das palavras...

Qual tecelã e o tear,
Vou remontando palavras,
Fio a fio,
Palavra pós palavra,
Verso a verso,
Pontos, laçadas,
E faz-se a teia,
Engendrada...


Frase, junções, inspiradas.
E entrelaçam-se versos, fiam-se estrofes,
Linhas, fios, nós, arremates,
Suores e mãos fortes,
E surge a rede,
De pescar, deitar...
Belas e com varandas rendadas...
Prontas para colher, acolher, embalar.
Fazer sonhar...


Entrecortados, entremeios,
Ousados devaneios,
Delírios dolentes da composição,
Fadiga, sacrifício, mãos rijas também,
E irrompe a poesia,
Que rima com dia,
Com lua nova,
A embalar sonhos...


Qual uma rede,
Rede de versos,
Palavras,
Rede de sonhos,
Rede de idéias,
Tecelã do mundo,
Tecelã dos atos,
Artista, Artesã
Construtora,
Tradutora do sentir,
Intérprete das idéias...


Quer Pincéis ou lápis
Giz de cera ou palavra
Qual seja o instrumento
É tramar, afagar, nutrir,
Fomentar o sonho,
Sonhar,


É dar-se ao mundo em versos,
É ofertar-se ao mundo dos versos,


É poetizar.

2 comentários:

Jorge Sader Filho disse...

Demonstrando sua habilidade em lidar com as palavras, Rose manda um lindo recado.
Beijos.

Dayse Sene disse...

Que lindo! Que lindo...
Descreveu exatamente como um poeta cria, sonha, se tornando a artesã das palavras.
Parabéns.
Um ótimo domingo.
Abraços.

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....