Marcadores

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Sobre amizade verdadeira, impecáveis registros da Existência



Sobre amizade verdadeira

A verdadeira amizade ultrapassa o limite das impossibilidades, atravessa distâncias, impõe-se sobre a falta de tempo, não precisa de palavras, sobrevive ao silêncio, transcende preconceitos, convive com defeitos, atua como termômetro medidor das emoções causadas por excesso de sentimentalismo.
As doações são totais, não convivem com constrangimentos, vergonhas, medos.
E sempre, sempre é motivo de alegria, rever um amigo, dar e ganhar um sorriso.
É mais intenso ainda ler nos olhos a compreensão, ver o carinho estampado no rosto, sentir que há alguém que revoluciona os nossos pensamentos e completa nossos motivos de alegrar, viver.
A amizade tem valores tão profundos que questiona o inquestionável e seja qual for a situação permanece intacta, e fica sempre mais forte, apesar das imprevisões escritas pelo destino, dos acasos impostos pela própria vida.
Cultiva-la carece de tratamento especial, constante enriquecimento, onde cada vez que encontrar um amigo pareça que seja a última, e se derrame sentimentos, emoções, sinceridade, gestos de afeto e olhos de coração.


# Escrito há muitos anos... Achado num papel amarelado...
Super atual...



Impecáveis registros da existência

Muito já se falou de seres humanos incríveis, que fazem parte concretamente da nossa história, do nosso transcorrer. Poucas, pouquíssimas pessoas cruzam nossos caminhos sem deixar sequer um acréscimo que seja. Mesmo aqueles que nos magoaram, feriram, esses nos alimentam a maturidade, o discernimento, compreender os desígnios superiores, os mistérios que permeiam nossos dias.

Guardo das décadas um quadrilhão de abraços, vertentes de palavras doces trocadas, a intensidade dos beijos e olhares que naufragaram entre si. Sou guardiã de uma torrente de belas imagens, pessoas inexplicavelmente especiais que circundaram os meus dias.

São marcantes as tantas duras vivências, mas contidas de Acréscimos que de certo me fizeram melhor. Amigos apaixonantes, amores edificantes, relações repletas de alegria estão latentes, vivem no meu universo seres que me conquistaram quer com gestos físicos, quer com o fato de simplesmente existirem e terem sido parte de mim.

Não viveria sem agradecer, emocionada sempre, porque a vida sem eles(AS) não teria de certo plenitude.

Meu coração agradece a Deus que nos faz concessões, permite experiências que nos dignificam, meu coração e minha alma são gratos por cada existência partilhada.

Sou obra de meu Pai, de amor, com registros que provam a mim meu merecimento. Quando faço voltas num passado quer mais perto ou distante e acho no meu interior os sorrisos, as palavras, os beijos, me sinto plena e só agradeço.
Saudade existe para sentir, sem que, entretanto sejamos fantasma de nós mesmos.
É atual, é vida.
Vida em Plenitude.

2 comentários:

Jorge Sader Filho disse...

Amor, amizade, vida e defesa da Terra. Rose faz isto com maestria, em prosa e verso. E eu continuo achando que ela fica mais bonita em sépia.
Beijos.

Anezinha disse...

srsrsrsrs
brigada querido amigo!
só vc mesmo!
Rose

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....