Marcadores

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Quando penso em presentear alguém...


Quando penso em presentear alguém penso em escrever,uma escrita que agrada e acarinha, põe no colo...

Encontrar alguém, conhecer isso é comum nos dias de hoje, entretanto extrair do comum, do banal do superficial, pessoas que te inspirem, te enleve a alma, pessoas que mesmo sem ver nos motivam, agem mesmo sem saber direto na nossa auto-estima positivamente, pessoas completas invólucro e conteúdo isso sim, é muito raro.

Dizer que pessoas são presentes, isto já é comum... pessoas são anjos também já foi dito...

Que certas pessoas tem cheiro de mar manhã de sol... areia branquinha...também já dissemos.

Hoje, especialmente pensando em uma pessoa quero entregar um recado.
Bem baixinho no ouvido com palavras amenas, adocicadas, dizer que o melhor dessa vida está quando uma essência se encontra com outra e o resultado desse encontro é sublime, é o próprio bem.

Dizer também que algumas vezes não precisa ver o físico, aquilo que se vê com o olhar. Basta ver “no ar” sentir através das estrelas, tocar sem sequer saber a textura.

E falar que palavras boas verdadeiras ecoam velozmente sem importar se faladas ou escritas, importando apenas o quanto estão cheias de pensamentos positivos e o quão bem querem fazer.

Ressaltar que dar carinho não significa estar tão perto, mas estar sempre por perto em pensamentos, em luz, estar guardado bem aconchegado no coração, guarda-se no coração de alguém e ser bem aceito, recebido. Fecho meu recado dizendo assim:
“Há pessoas que são nossas sem nunca ter realmente sido, verdadeiros raios de luz, cobertor quentinho, gosto de querer bem, de bem querer”.

Vão aqui juntinhos das letras, palavras e pensamentos, flores do campo bem frescas e orvalhadas, arranjadas com afeto entremeadas de afagos, coloridas para alegrar, encher os olhos e alma de alegria.

Esse é meu recadinho de hoje para ti, bem de mansinho, deslizando para o teu coração.

Um comentário:

Jorge Sader Filho disse...

Quanta gente gostaria de ganhar este recado, Rose! Quanta gente...
Beijos.

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....