Marcadores

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Cicatrizes em Versos



Cicatrizes em VERSOS

Trago abafado no corpo marcas atemporais
Fases em que a ferida pareceu não mais sarar
Com o tempo fecharam restando poucos sinais.
As tais cicatrizes que por vezes se põe a latejar.

Na pele trago generosos apelos provocados
Tatuados para compor um particular cenário
Na alma tenho sulcos latentes, abrandados.
Outrora chagas hoje lembranças e relicário.

Dores e desamores compuseram ulceração
Mágoas e desacertos, injúrias tão agravadas.
Transformados em sinais, vestígios de aflição.
Hoje apenas memórias permanecem cultuadas.

Cicatrizes, marcas, sinais, no corpo e alma: feridas.
Antigos, remanescentes, latejos, dores, ardências.
Fazem parte da vivência, histórias da própria lida.
São lições e aprendizados, da vida experiências.

Nenhum comentário:

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....