Marcadores

quarta-feira, 9 de junho de 2010

MIni Conto - Risos e Rios







Pequenos cotidianos literários e poéticos sobre “Um dia” (EC)
MINICONTO Risos e rios

Risos eram poucos, satisfeita, e que barrigão... No carro lá adiante ele já podia escutar seus passos arrastando a rasteirinha, vinha rindo e acarinhava a barriga, em poucos dias interaria nove meses. Como tinha ficado bonita grávida a danada, mais bonita ainda. Precisava afastar aqueles pensamentos.Foco no plano. Aldroaldo sentia um leve suor, algum palpitar, nada que o afastaria do caminho traçado...
Élida entra no carro que sai cantando pneus.
(...)
Até agora, os bombeiros continuam as buscas.
O foco: Encontrar o corpo da grávida atirado ao Rio dentro de um tambor...
Um dia... Pode ser começo, meio e fim da história de cada um...

# Inspirado em fato real.

Nenhum comentário:

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....