Marcadores

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Teus Azuis - Rondel da Série " Canções e Re-Versos"




“... Eu não sei se vem de Deus, do céu ficar azul, ou virá dos olhos teus essa cor que azuleja o dia...” – Azul - Djavan


Teus azuis


Enlevo do criador, tela em índigo representou
És tu que alumias os dias azuis de intenso alegrar?
Um par de radiosas turquesas em ti desenhou
Seria para encantar ou para o mundo azular?

Contigo horizonte infindo na amplidão do imaginar
Fachos de luz a guiar, ao me achar perdida estou,
Enlevo do criador, tela em índigo representou
És tu que alumias os dias azuis de intenso alegrar?

Obra delicada, rara beleza a mão ele pintou
Preciosidade, incandescendo visgou meu olhar
Qual imã tais pedras florescendo anil espalhou
São teus olhos afinal? Que fazem o céu azulejar?
Enlevo do criador, tela em índigo representou.

Nenhum comentário:

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....