Marcadores

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Eu ... nós...




Eu... Nós...

Sou um poema solto, errante.
Na chávena sou um verso fumegante,
Sou letras sem parcimônias,
Chego e me aconchego em dias de sol escaldante.

Feita fui de harmonia,
Sou simétrica, simetria,
Na noite sou prata e nostalgia,
Trago na pele grafado o vôo livre da alegria.

Não sou de me anunciar, mas se o faço en_canto,
Entro logo pé ante pé, mais flutuo do que ando,
Na oficina do peito construo, sou operária do riso e do pranto.
Não prenuncio rimas, extraviando estofes, sigo di_versificando.

Simbolicamente traço,
Arranjo filas de sílabas perdidas,
Componho e conto, dou ordem faço cantigas,
Há um rito peculiar, uno no traço que faço.

Será que sou de encantar?
Ou feita de leves cantos?
Sou eu num poema a morar?
Ou mora em mim o versejar?

Não sei, nem quero entender,
Mistério e fascínio a nos intrigar
Afeitas que somos uma a outra,
Eu e a poesia, entranhadas, viscerais...
Ambas, além do mero compreender...

Roseane Ferreira

POL de 13/07/10, mote: Poesia, fascínio e mistério

Nenhum comentário:

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....