Marcadores

terça-feira, 6 de julho de 2010

Nossas montanhas.....




Nossas Montanhas (EC)

“... Nem tão longe que eu não possa ver
Nem tão perto que eu possa tocar

Nem tão longe que eu não possa crer que um dia chego lá
Nem tão perto que eu possa acreditar que o dia já chegou

No alto da montanha, num arranha-céu
No alto da montanha, num arranha-céu...”; A Montanha - Engenheiros do Hawaii, Humberto Gessinger.


Nossas Montanhas

Adoro...
Engenheiros,
Em qualquer lugar,
No Hawai ou aqui,
Viagens,
Montanhas que já vi,
Arranha-céus...
Que vivi.

Dizem que longe é um lugar que não existe,
Que vamos aonde nossos pés podem chegar,
Que nada é tão longe, nem tão perto,
Tanto como nosso íntimo desejo de alcançar.
Não sou poeta, só sei sonhar,
Metaforizo as viagens,
Escondendo na mala o desejo,
Segredar.

Quer física, espacial, emotiva e emocional,
A viagem é o anseio de nossos sonhos para o real passar.
De fazer livros, escrever, ser conhecido, de simplesmente ser.
De ser feliz completo amar, livre arbitrar,
E a montanha?
A montanha é o nosso foco, nosso ponto a alcançar...
Cada um, um pensamento, uma cabeça, uma sentença
Cada um uma montanha, um pico, um balão para voar...

Dizem que o sonho é pensar, etéreo, volátil, solto no ar,
Capta, pois o teu, põe no papel, põe na voz, pões nas mãos,
Põe no suor, põe na idéia e faz real,
Daí não é mais só viagem,
É ter na mão a bagagem, as roupas, os instrumentos,
Para a montanha escalar...




“... Pro alto da montanha, num arranha-céu
Pro alto da montanha, num arranha-céu
Sem final feliz ou infeliz... atores sem papel
No alto da montanha, à toa, ao léu
Nem tão longe, impossível
Nem tampouco lá... Já, já...” (Humberto Gessinger)


*****

Este texto faz parte do Exercício Criativo - Um Dia Eu Chego Lá
Saiba mais, conheça os outros textos:
http://encantodasletras.50webs.com/euchegola.htm

Nenhum comentário:

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....