Marcadores

terça-feira, 8 de junho de 2010

Agonizar II

Agonizar II

Tem tudo e tem nada,
Tem pedras na estrada,
Tem chuva precipitada,
Pedra atirada na água parada.

Tem vontade acobertada,
Lençol e cama arrumada
Fronhas molhadas,
Catar sonhos na Incerteza desatada...

Tem falta de cheiro
Tem tempo parado,
Relógio sem ponteiro,
Tem ferro fincado
Tem um perder-se inteiro.

Tem nu sem pintura
Dor ausente da cura,
Tem lanhos da vida dura,
Cárcere, clausura...
Tem veios de loucura...

Ser: sem rumo, condução
Ser: sem apreço, endereço
Ser: vagante, perdição
Ser fim sem nunca ser começo.

Ser tudo e ser ninguém
Ter a sina destinada
Ser menos do que convém
Ter tal marca tatuada
Tristeza, do riso o, porém,
Lacre, desenho incrustado.
...

Só,
Solidão,
Ser solidão,
Ter solidão.
Viver solidão...

Amém...


Nenhum comentário:

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....