Marcadores

terça-feira, 8 de junho de 2010

Um certo outono- Da Série " Canções e Re-Versos"






















...Eu voltei por entre as flores da estrada, pra dizer que sem você não há mais nada... (Ruas de Outono – Ana Carolina)

Um certo outono

É outono, quase inverno,
Muda o tempo, é mais frio,
Caminhei a esmo, estação por estação...
Como se fora ao léu,
Não via flores, eram tons em cinza, no máximo branco,
Teu semblante, presença constante a me acompanhar...

No que fecho os olhos é teu sorrir a me fitar,
Então vejo flores,
Ao teu rir vejo flores e cores, tantas cores a esboçar...

Retorno num átimo, um impulso,
Quero correr, preciso voltar,
Alcançar-te,
No teu rir chegar,
Achar-te,
Ver-te, olhar...

E verbalizar meio as flores,
Contar que as cores da estrada ganham nuances de ti.
Trago um Gérbera amarela,
É quase um sinal de mim, desse sentir repleto de afetos por ti.


Deixa eu te contar...
Deixa?

Nenhum comentário:

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....