Marcadores

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Atada a solidão...



Atada a solidão

Faz por merecer meu sorriso
Faz-me merecer o teu...


Busca entender o riso dos meus olhos,
Alcança o que não te digo em palavras,
Percebe o meu silente existir...

Cativa-me pelos gestos recorrentes
Entrega-te a imaginar-me os pensamentos,
Devanea-me a ampla existência.


Toca minhas mãos e decifra minha harmonia,
Compreende minhas linhas,
Decodifica minha tez...

Lê em minhas entrelinhas os poemas que ouso não escrever,
Faz com que se revelem para ti,
Guardados nos meus recônditos, repousando perdidos...


Passeia entre meus jardins empoeirados,
Colhe suculentas frutas,
Planta-me no vergel do teu universo...


Orvalha com alegria minha sede,
Infunde teus dias entremeados aos meus,
Apreende-me na tua presença,



Desfralda os nós que me unem a solidão...

Um comentário:

Jorge Sader Filho disse...

Uma irresistível súplica! Seus olhos falam, suas mãos transmitem. E como transmitem...
Beijos.

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....