Marcadores

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Morar na Praia- Poesia de Roseane Ferreira


Morar na Praia

Em casa da janela o mar dava para ver,
Tinha farol, candeeiro e lamparina,
Tinha luz das estrelas, luar que fascina.
Brincadeiras de roda ao anoitecer.

Meu pai de crianças rodeado
Contando do Imaginário Assombrado
Tinha mar... contemplação,
E viagens da minha imaginação...

A melhor lembrança,
Que faz rico o meu poetar
São as imagens de criança,
Da varanda, via o mar...

E então quando a noite chegava
Logo o sono ia chegando,
O som que me embalava
Eram ondas na praia quebrando...

Encher,
Vazar, Encher,
Vazar...
Tanto mar... Tanto mar...


# lembranças da infância em Salvaterra-Marajó, onde vivi. Melhores lembranças!
Por lá habitavam o meu imaginário, o imaginário popular: Matinta – Perera, Boitatá, Curupira, Cobra Grande, Iara, Boto, Mãe-dágua, Caipora, Cobra Norato, e tantos mais...
Nossa casa ficava a beira da Praia...

Roseane Ferreira

2 comentários:

Jorge Sader Filho disse...

A sua riqueza, Rose, veio deste tempo. É coisa demais, formando uma menina!
Beijos.

Anezinha disse...

verdade.... me enriqueci,equilibrei,a infância formou minha veia Poética, confesso saber ser um privilégio, meu lado religioso diz que foi uma verdadeira benção a vida que vivi ... que me dá ganhos de inspiração, de saúde, enfim!
Só agradeço a Deus!
brigada pela visita!
Rose

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....