Marcadores

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Formatado olhar


Formatado Olhar...

Preciso que me olhes almejando o que não vês

Que olhes sentindo mais que tocando

Que vejas caudaloso Rio que invade em calor.


Olha-me sem que percas o tom da minha luz

Olha-me, mas não ancora em minha pele,

Aporta no insano mar das minhas sensações.

Olha-me a fotografia e deixa que teus olhos incidam levemente em minha mansidão.


Quero teus olhos no que não aflige,

Olha o olhar que não fere, não sangra...

Peço que me olhes doando teus olhos,

Peço teu olhar indagando a minha paz.

Olha-me ao largo e em volta, mas destina o teu mais preciso ao que não tocas, não pegas...


Olha-me e desnuda os segredos insondáveis

Põe em mim teu olhar e te aprofunda

Venda em mim o que te é impossível...

Olha-me, mas fecha teus olhos então te acerca,

Ampara teu desamparo no meu desgovernado rumo...


Olha-me com vendas com mãos atadas e segue o que teus sentidos tateiam

Olha-me na escuridão e ao longe, apenas vislumbra,

E ainda assim revela minhas senhas e códigos,

Olha-me: Ambos nos damos as costas, portanto, olha-me pelo avesso.


Olha-me com olhos invasores

Inquiri-me das emoções,

Olha também argüindo,

Argumenta a imprecisão dos meus olhos

Olha-me qual decifrando sonhos,

Confunde-me, descobre-me,



Faz-me por fim confessar a mim mesma!

Um comentário:

Jorge Sader Filho disse...

Eo olho, sempre olhei e vou continuar olhando!
Beijos.

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....