Marcadores

sábado, 16 de maio de 2009


Ver

Vento venta, véu vagueia.

Vejo você via verso

Vislumbro ventura vindo.


Vozes vorazes verdades vertentes

Vãos vazios, viajar vacilante.

Versos verossímeis, visibilidades...


Vou veloz. Vulnerável, voltarei.Verei vastidão.


Vem, visualizo verdejante visual, viva varanda...


2 comentários:

Jorge Sader Filho disse...

Comentário? Olha, eu acho que você em sépia fica mais bonita. Seus olhos brilham, falam, seu sorriso domina tudo! Dá vontade de apertar estas bochechas!

Anezinha disse...

srsrsrsrrsrsrsrsrrs

Dezembro vindo.....

Daisypath Anniversary tickers
Monarch Butterfly 2

Escrevo para.........

Quando escrevo exorcizo fantasmas, é meio abstração e também minha realidade se despindo.Sou eu me confessando a mi mesma.

Um Poetrix ...verdinho......


Escrevo para....

Escrevo para por no mundo pequenas ânsias, escrevo para aportar desejos aflitos, escrevo para me salvar, é como Jogar as âncoras, o barco ora vai ao sabor das ondas, ora é a deriva....
Escrevo para acariciar as suas almas,e ser tocada por seus olhos impressos de brilho!
escrevo para Gozar,Flutuar, ser e merecer, Escrevo para seus delírios, seu deliciar!
Escrevo para vocês,
Agradeço seus olhos em mim, na minha ruptura poética!
Escrevo!

Muito grata por me sorverem as letras!
A todos que aqui passarem seus olhos, mentes e corações!
Rose

Sobrepondo Sonhos.....